BRICS-PED | Membros
15368
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-15368,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2,vc_responsive

Dr Antonio Aureliano

Presidente do BRICS-PED

Aureliano Chaves Filho De Wikipedia,
Antonio Aureliano Sanches de Mendonça, conhecido por “Aureliano Chaves Filho “(Itajubá, 13 de janeiro de 1958) é um político brasileiro de Minas Gerais. Ele assumiu o cargo de senador da República, Após a renúncia de Clésio Andrade. Ele participou das eleições de 1994 para a obtenção de um deputado federal a substituição, assumindo de 1995 a 1997, quando foi nomeado Secretário de Transportes do governo de Minas Gerais. Além disso extraiu a mesma posição entre 1993 e 1994 no Governo do Distrito Federal. Ele se juntou à PFL e ao PSDB. Aureliano é filho do ex-vice-presidente Aureliano Chaves E Minervina Sanches de Mendonça, neto do pai da Professor e dentista José Vieira de Mendonça e Luzia Chaves de Figueiredo; Esta, filha dos primos Aureliano Chaves de Figueiredo e de Luzia Maria das Dores de Figueiredo. Neste lado Aureliano desce de uma rede complexa de endogamia formada Pelos descendentes do capitão Mor José Álvares de Figueiredo, o Fundador da Boa Esperança, de quem Aureliano é cinco vezes menor de idade E uma vez sétimo-neto. Seu amor pela política veio De vários ramos de sua família, especialmente seu pai e mais Remotamente de seu grande-excelente-excelente-bisavô-bisavô-avô, O coronel Joaquim Ferreira da Silva Chaves, o primeiro presidente da Câmara da Boa Esperança. Descendimento: Aureliano casou-se com Matilde Couto Mendonça, com A quem teve cinco filhas: Viviam Maria, Paula Maria, Carolina Maria, Isabela Maria e Mariana Maria. Colateral: Ele é o primo de várias personalidades, tais como: Danton Mello, Eduardo Carlos Figueiredo Ferraz, Ester de Figueiredo Ferraz, Fátima Freire, Geraldo Freire, José Carlos de Figueiredo Ferraz, Nelson Freire, Newton Freire Maia, Ricardo Gumbleton Daunt, Selton Mello e Wagner Tiso, entre outros.

Rodrigo Dora

CEO Global e Presidente da Câmara Arbitral do BRICS-PED

Rodrigo nasceu em Brasília. Advogado, pós-graduação na Uniceub e em Direito Tributário na Universidade Gama Filho. Mestrado em Auditoria e Gestão Estratégica na Universidade de Léon, Espanha. Mestrado em Direito Comercial Internacional na Universidade de Liverpool, Inglaterra. Ele também gravou vários outros cursos em seu currículo em contabilidade, economia, direito e política, alguns dos quais Unversiteit Leiden e Lund University da Suécia e da Universidade de Michigan nos EUA. Rodrigo foi emendado em 2012, recebendo um dos mais altos prêmios da Assembléia Legislativa do Brasil, Comenda Tiradentes, como Comissário, e atualmente está no conselho da Academia Brasileira de Cultura e História das Artes, o Golden Chariot Transport Award, um membro da O Capítulo Brasileiro do Conselho Empresarial BRICS, entre outros. Como filantropo, Rodrigo apoia o Instituto Batucar e o Instituto Pro-Carnivoros. Rodrigo Dora recebeu o Medaglia de Autori Giuridicci Internaziolli da Universitat Degli Studi di Bari. Rodrigo é fluente em inglês, espanhol, português e francês. Como palestrante, Rodrigo participou de vários fóruns, incluindo o Fórum da Sociedade Civil das Nações Unidas em 2016 e o ​​Fórum Civil BRICS em Moscou, em 2015, entre outros. Nos últimos anos, Rodrigo vem desenvolvendo globalmente as atividades empresariais e institucionais da Câmara.