BRICS-PED | Defesa, Relações Internacionais e Governamentais
15921
page-template-default,page,page-id-15921,page-child,parent-pageid-15371,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2,vc_responsive

Respaldo Estatutário: ” Parágrafo Quinto – O Grupo de Relações Governamentais será composto de no mínimo 2 (dois) membros, indicados pelo Presidente do Conselho de Administração (Chairman of the Board), tendo como função aprovar e implementar ações relativas às relações governamentais (Advocacy) da Câmara no Brasil e na Índia. E analisar a conjuntura política dos dois países.

Parágrafo Sétimo – O Grupo de Defesa será composto de no mínimo 2 (dois) membros, indicados pelo Presidente do Conselho de Administração (Chairman of the Board) tendo como função discutir, incentivar , interceder e praticar ações que visem a prática de ações de comércio de produtos, mecanismo, estratégias relacionados à Defesa de Nações, bem como Forças Armadas e manutenção da paz”, promovendo elevados padrões éticos e operacionais de empresas e indústrias que atuam em operações de paz, estabilidade e reconstrução, engajando-se em um diálogo construtivo e de defesa sobre a contribuição crescente e positiva dessas empresas para o reforço da paz internacional, desenvolvimento e segurança humana; proporcionar networking e oportunidades únicas de desenvolvimento de negócios para suas empresas associadas; informar o público interessado sobre as atividades e o papel da indústria de defesa.

Parágrafo Nono – O Grupo de Cooperação e Relações Internacionais será composto de no mínimo 2 (dois) membros indicados pelo Presidente do Conselho de Administração (Chairman of the Board) tendo como função trabalhar na constituição de um espaço de competência crescente, com a finalidade de atender a dinâmica institucional, promovendo potencial para ampliação das políticas, atividades, ações, cooperações e sólidas parcerias internacionais. Para tanto, deverá identificar, propor, fomentar e gerir a cooperação técnica e acadêmica internacional, bem como parcerias com instituições/organismos internacionais. Mapear fontes de recursos internacionais para o financiamento e/ou apoio as atividades da Câmara. Identificar, Formular, Implementar e Avaliar Projetos com financiamento ou em parceria com instituições/organismos internacionais. Proporcionar acompanhamento, sistematização, comunicação e informação de dados internacionais de interesse para o fortalecimento da política institucional. “

Presidente: Rodrigo Dora

Vice Presidente: Larisa Zelentsova

 

O grupo das Relações Exteriores e da Cooperação trabalha para o estabelecimento de um espaço de competência crescente, a fim de acompanhar a dinâmica institucional, possibilitando a expansão de políticas, atividades, ações, cooperação e fortes parcerias internacionais.

Para isso, deve identificar, propor, desenvolver e gerenciar a cooperação técnica e acadêmica, bem como parcerias com instituições / organizações internacionais. Apresentar fontes de recursos internacionais para financiamento e / ou suporte para as atividades da Câmara. Identificar, formular, implementar e avaliar projetos com financiamento ou em parceria com instituições / organizações internacionais; Monitoramento, fornecimento de sistematização, comunicação, dados internacionais de interesse para o fortalecimento da política institucional.

  Nos termos das Relações Governamentais, o Grupo tem como objetivo aprovar e implementar ações relacionadas às relações governamentais (Advocacia) da Câmara BRICS. A diplomacia é um dos principais aspectos que usamos em nossa base diária. BRICS-PED tem trabalhado de perto com governos, regiões e cidades para conectá-los através de acordos de cidades irmãs. Acreditamos que este é o futuro das relações internacionais: um diálogo mais direto entre as cidades, os bairros, as regiões.